Arquivos

Como se masturbar sozinha com as mãos e ter muito prazer

como se masturbar

Se você só tem um certo tempo disponível para uma rápida sessão de masturbação, ou se você tem todo o tempo do mundo, a lista abaixo fornece um método para cada mulher de como se masturbar sozinhas e com as mãos maximizando seu benefício a partir de uma excelente experiência de masturbação. Descubra qual se encaixa melhor com o seu tempo e o seu jeito.

Dois Dedos

Com os dedos indicador e o médio, estimule seu clitóris. Varie a pressão e a velocidade com que vai estimulando. Logo que você começar a ficar uma pouco mais excitada, terá a sensação de lubrificação nos seus lábios e dentro da sua vagina.

Quando isso ocorrer, passe esses mesmos dedos dentro dela, se estimulando e lubrificando os seus dedos. Depois disso coloque-os novamente em seu clitóris. O importante aqui é você esfregar o seu lubrificante natural, que veio de dentro de ti, em seu clitóris. Esfregue com força até que possa atingir o orgasmo. Utilizar os dois dedos para se masturbar oferece muito mais pressão do que somente um.

O Sanduíche

Sabe quando você coloca dois dedos em um pote para pegar biscoito? Pois é justamente isso que você deverá fazer aqui, colocando o dedo indicador e o médio dentro da vagina como se realmente estivesse pegando um biscoito dentro de algum pote. Levemente, segure seu clitóris entre seus primeiros dois dedos.

Você pode usar o dedo da outra mão para fornecer o estímulo necessário, ou pode pode optar por fazer os movimentos com os próprios dedos que estão a segurar o clitóris.

Varie a pressão, o ritmo e o movimento (para cima e para baixo, ou circular).

Palma da Mão

Use a palma de sua mão estendida para esfregar o clitóris, em seguida, fique a pressionar bem suavemente. Continue com este ritmo até que você logo comece a sentir-se quente. Quando já estiver terminando, empurre a palma da mão com mais força, porém, com uma velocidade menor. Depois é só curtir o momento.

Contrações

Inicie da forma que você já está acostumada de como se masturbar. Suavemente, comece a contrair os seus músculos das pernas para que a sua pélvis pulse em um ritmo o qual lembre o ato sexual com seu parceiro. Faça para cima e para baixo até chegar lá.

Dicas quentes para você que deseja engolir esperma

engolir esperma dicas

Ainda que engolir esperma possa ajudar na prevenção da depressão e na diminuição da pressão sanguínea, muitas mulheres (incluindo as que amam praticar sexo oral em seus parceiros) ainda assim não são muito chegadas a isso.

Geralmente, mulheres que não engolem esperma culpam o reflexo de vômito ou apontam o gosto ruim como motivo para não engolir. Porém, engolir o sêmen tem uma profunda significância simbólica para o homem. Engolindo, a mulher indica sua completa aceitação do homem. Enquanto que cuspir o sêmen é visto como uma rejeição simbólica para muitos homens.

Se você deseja tornar o sexo oral uma experiência mais agradável para seu parceiro ao engolir sua esperma, aqui vão algumas dicas para vencer o reflexo e o sabor:

Engula pela manhã

Se o engasgar possa ser um obstáculo para que você consiga engolir esperma, é importante saber que este reflexo é muito menos ativo pela manhã. Tente fazer sexo oral (ou sem papas na língua, um verdadeiro boquete) em seu parceiro assim que ele acordar. Essa sem dúvida a melhor hora do dia para tentar engolir esperma com um mínimo de reflexo. Assim que você tiver sucesso em algumas tentativas, logo ficará mais acostumada e não irá mais engasgar.

Evite as papilas gustativas

As maior reclamação a respeito do gosto do sêmen é que o mesmo chega a ser amargo e salgado. As papilas gustativas em diferentes partes da língua são sensíveis a determinados sabores específicos: doce na ponta da língua, salgado e azedo em suas laterais, e amargo no fundo.

Quando engolir o sêmen, você pode minimizar o gosto desagradável tentando mantê-lo longe da parte correspondente da língua. Uma vez que as papilas sensíveis ao gosto amargo se ecnontram no fundo da garganta, elas são as mais problemáticas. A solução é passar por elas usando algumas técnicas de garganta profunda ou armazenar o sêmen na parte frontal da boca e engolir tudo de uma única vez. A sacada é fazer com que o sêmen passe o mínimo de tempo possível parado no fundo de sua língua.

Faça a garganta profunda

Como já fora dito acima, quando você engole profundamente o pênis do seu parceiro, a cabeça do pênis está tão profunda que ela passa as papilas responsáveis pelo gosto amargo alojada no fundo da língua. Conforme seu parceiro vai se aproximando do momento da ejaculação, coloque o pênis dele o mais fundo na sua garganta que conseguir. Engula enquanto o sêmen atinge o fundo da garganta, e continue engolindo até ele terminar. Você nunca irá sentir o gosto se puder evitar que ele atinja sua língua.

Faça uso de lubrificantes que contenham sabores

Existem vário lubrificantes com sabor disponíveis para compra que podem ajudar a camuflar o gosto amargo ao engolir esperma. Escolha o sabor que mais goste e aplique uma quantidade generosa por todo o pênis antes de colocá-lo na sua boca. Isso tem a vantagem de tornar o sexo oral mais fácil, pois você não tem que produzir toda lubrificação por si própria.

Que tal chupar uma bala?

Uma boa coisa a se fazer antes de chegar a enogiloir a esperma do seu homem, é chupar uma bala de menta tic tac ou uma pastilha para tosse. A menta irá desaparecer com o gosto do sêmen quando ele ejacular. Além disso, muitos homens gostam da sensação de formigamento que a menta ou o mentol acabam causando em seu pênis.
Até aqui vimos 5 cidas que se quer serão notadas pelo seu parceiro de que voxcê esta tentando evitar o gosto ruim.Porém, as duas que virão, obviamente fará com que ele perceba tal coisa. Mas, com um jeitinho de sua parte, ele não ligará.

Beba alguma coisa

Uma forma de ficar longe de ter que sentir o gosto amrgo do sêmen quando você o engole é beber algo logo após a prática. Se você tem um copo de água no criado mudo, depois que seu parceiro ejacular, simplesmente pegue o copo de e tome logo após como se estivesse tomando um comprimido (lembre-se dos benefícios para a saúde.) Tente não mover muito sua cabeça, a não ser colocá-la para trás, afim de minimizar o efeito do gosto. Se engolir esperma desta forma, corretamente, jamais sentirá o sabor.

Uma colher de açúcar também cai bem

Ao invés de tomar seu “remédio” como uma boa moça com apenas água para descer, tente seguir este conselho e esconda o gosto do sêmen com “uma colherzinha de açúcar”. Você pode usar facilmente um bocado de calda de chocolate ou mel para fazer o sêmen descer e tirar o gosto ruim de sua boca.

fazer uso de alimentos como parte do sexo oral também faz com que você, subconscientemente, associe engolir esperma a engolir algo que tenha um gosto agradável. Eventualmente, essa associação fará com que o sêmen “puro” engolido tenha um gosto melhor para você.

Se um homem precisa se preocupar com sua ejaculação, sentindo que isso acabe por ser uma imposição à mulher ou causa de desconforto, irá gerar uma certa tensão. Ele não poderá relaxar completamente e aproveitar inetsnsamente o seu orgasmo. Uma mulher que engolir esperma irá deixar seu parceiro calmo e permite que ele relaxe e desfrute um dos prazeres sexuais mais íntimos que uma mulher pode lhe dar.

Todas as mulheres sabem que os homens amam sexo oral, mas nem todas as mulheres sabem fazer corretamente. Fazer um bom sexo oral não é apenas abrir sua boca e ir para cima e para baixo. Tente engolir esperma das próximas vezes e verá como você pode enlouquecer o seu homem!

As mulheres sabem que os homens adoram o sexo oral, porém nem todas saber fazer corretamente. Um bom sexo oral não se trata simplesmente de abrir a boca e ir para cima e para baixo no pênis do seu parceiro. Das próximas vezes que for praticar um boquete com ele, tente engolir sua esperma e verá como você poderá enlouquecê-lo de tesão.

Os 10 maiores mitos sobre sexo anal

Depois de muito pesquisar na internet por artigos científicos de especialistas, e ter lido a entrevista de uma mãe de 39 anos de idade, que ama o sexo anal , eu comecei a pensar o porque do sexo anal ser um tabu para muitas pessoas, e como derrubá-los. O Sexologista Clínico e o Terapêutico de Casamento e Família Dr. Kat Van Kirk avaliaram o que é verdadeiro sobre o anal e o que não é. Confira abaixo alguns dos maiores mitos sobre o sexo anal e suas verdades.

O mito: Isso vai doer.

A verdade: sexo anal não tem que machucar. na maioria das vezes é feito apenas de forma incorreta. Muitas mulheres acham incrivelmente prazeroso, e algumas até relatam ter orgasmos com o sexo anal. Se você e seu parceiro começam devagar, trabalham o caminho para inserção com implementos menores, como dedos e brinquedos sexuais, e usam bastante lubrificação, a dor será a última coisa em sua mente.

O mito: Uma vez que dói, sempre vai doer.

A verdade: Então você tentou uma vez praticar sexo anal e teve uma experiência horrível. Você fez o seu parceiro parar e jurou nunca mais ter relações sexuais com o seu ânus. Você não deve desistir por causa de uma ou duas experiências negativas.

A maioria dessas experiências tem a ver com não seguir as instruções mencionadas acima: ir devagar, começando com a implementação por tamanhos, fazendo uso do dedo ou de brinquedos eróticos propícios para tal prática, e usar bastante lubrificante. Além disso, há um bom truque para você ficar relaxada. Se na hora do sexo anal também estimular o clitóris simultaneamente, o prazer pode sobrepor a dor.

O mito: Somente garotas de programa fazem sexo anal.

A verdade: Você sempre ouviu que as garotas de programa são as únicas dispostas a fazer sexo anal. Na realidade, o sexo anal foi votado como o tabu número um no comportamento sexual que os pares heterossexuais querem tentar. Então, obviamente, todas as mulheres não podem ser garotas de programas. Há uma curiosidade natural sobre nossos corpos e se há prazer nisso, você deve sentir que pode explorar isso de forma segura e saudável.

O mito: Ter sexo anal vai salvar sua vida sexual.

A verdade: Sim, eu realmente ouvi isso mais de uma vez. Geralmente tem a ver com um casal que enfrenta problemas na relação e a mulher já não sente mais o desejo de fazer sexo com seu parceiro. Alguns homens contemplam o sexo anal como o santo graal, e muitas das vezes propor isso a ele pode uma estratégia para tentar salva o casamento. Mas, não é sábio praticar sexo anal com seu homem se realmente não for de seu interesse e sim for por pura pressão.

O mito: Seu homem não o respeitará mais tarde.

A verdade: Então ele conseguiu o que queria de você e agora não quer nada com você? Tenho certeza que isso acontece ocasionalmente, mas não somente por conta do sexo anal, mas qualquer tipo de atividade sexual. A maioria dos homens, porém, são modernos o suficiente para ver o sexo anal como apenas um componente da vida sexual saudável. E por causa do tabu do sexo anal, pode realmente ajudá-lo a se sentir mais perto e mais emocionalmente ligado ao sua parceira.

O mito: Ele causará danos físicos.

A verdade: Ter qualquer tipo de sexo a “maneira errada” pode causar danos. Pense nisso: Se você está a praticar sexo vaginal a seco sem qualquer lubrificante adicional, isso pode causar alguma irritação na vagina. A mesma coisa pode acontecer no sexo anal. A diferença é que a vagina cria sua própria lubrificação geralmente (dependendo de hormônios, etc) e o ânus não, mas se usado lubrificantes da maneira correta o sexo anal se torna uma experiência saudável.

O mito: Você não precisa usar preservativos quando tiver sexo anal.

A verdade: Este é um equívoco onde muitas pessoas pensam que pelo fato de não haver o risco de gravidez, que não há a necessidade de usar um preservativo. Obviamente que isso está completamente errado. A maioria das DSTs é transferível através do ânus (clamídia, gonorréia, hepatite infecciosa e HIV). Algumas ainda mais, porque o revestimento do ânus é muito mais fino e pode ser quebrado mais facilmente se ocorre muito atrito seco (mais uma vez, veja a importância do uso de lubrificante).

O mito: Uma vez que você dá o seu ânus para seu parceiro, será tudo o que ele quer.

A verdade: Não é segredo, muitos homens amam o sexo anal pelo fato de que eles gostam do aperto adicional que o ânus oferece em comparação a vagina. Mas a maioria dos homens não querem desistir da entrada principal tampouco. Vaginas ainda são reverenciadas. O sexo anal tende a ser um “deleite” misturado em seu repertório sexual regular do jogo.

O mito: Seu ânus vai ficar todo esticado.

A verdade: Assim como o mito de que a vagina fica irremediavelmente esticada após o parto, isso também é um mito. Havia rumores no final dos anos setenta de grupos de homens que se engajavam em tanta atividade anal que eles realmente perderam o controle de evacuações. O uso saudável do sexo anal não vai levar a este resultado. Através do sexo anal regular, seu ânus não irá aprender a tornar-se mais relaxado, isso muito tem a ver com a sua capacidade de relaxar mentalmente para na hora do ato sexual. E todos nós sabemos que a vagina acomoda uma vasta gama de pênis, o ânus também pode – com a introdução correta.

O mito: É sujo (literalmente).

A verdade: Este é provavelmente um dos maiores equívocos já afirmados. O ânus e a parte inferior do reto realmente têm muito pouco material fecal neles, o que significa que ele tende a não ser quase tão sujo como você pensa. Isso não significa que você deve transferir o pênis para a vagina imediatamente buscando um sexo vaginal e anal ao mesmo tempo. Apesar do ânus não ser sujo da maneira que mutas pessoas pregam,  até mesmo elemento microscópicos fecais podem causar infecções vaginais.

Apenas certifique-se de usar um sabonete antimicrobiano antes de reentrada vaginal ou então opte por terminar suas façanhas sexuais no sexo anal. Independentemente disso, se você ainda está preocupada, você sempre pode ter uma evacuação antes da prática anal.